Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Quadros bancários defendem regime público

Os fundos de pensões do sector bancário "não têm a menor fiscalização", denunciou ontem em Lisboa o presidente do Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB). Em encontro com os jornalistas, Afonso Diz defendeu a integração de todos os trabalhadores no sistema público de Segurança Social, garantindo que os beneficiários dos fundos "estão condenados às pensões de miséria" consagradas no actual acordo colectivo de trabalho.

Link para este artigo:

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=560796

Artigos relacionados