Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Portugal condenado por lentidão dos tribunais

OEstado português foi 127 vezes réu nos últimos seis anos no Tribunal Europeu dos Direitos dos Homem (TEDH). Em 99% dos casos devido à morosidade da sua justiça. Naquele período de tempo (1999- 2005), foi 70 vezes condenado a indemnizar os queixosos. Em outros 53 processos optou pelo acordo, evitando, assim, um desaire ainda maior. As absolvições foram apenas quatro. Com 80 mil processos pendentes, e mais de 40 mil recebidos só em 2005, o TEDH está, no entanto, à beira da ruptura. E prepara-se para restringir o acesso aos cidadãos.

Link para este artigo:

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=635415

Artigos relacionados