Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Fernando Nobre critica acumulação de reformas

O candidato à presidência da República, Fernando Nobre, insurgiu-se hoje contra a existência de figuras públicas a acumular várias reformas e o ordenado e defendeu reformas mínimas de 500 euros e máximas de cinco mil euros «Não podemos estar num país onde há pessoas públicas, a receberem uma, duas três reformas vitalícias, e a terem o seu ordenado, ainda por cima, e depois há pessoas com reformas baixinhas que se têm necessidade de trabalhar, vêm reduzida a reforma» afirmou Fernando Nobre recusando «citar nomes».

Link para este artigo:

http://www.sol.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=169947

Artigos relacionados