Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Comissão Europeia prepara-se para declarar ilegal a ajudicação directa do Magalhães

A Comissão Europeia prepara-se para declarar ilegal a adjudicação directa dos computadores Magalhães à JP Sá Couto e dar a Portugal um prazo de dois meses para alterar o programa, sem o que apresentará queixa ao Tribunal Europeu de Justiça. No entanto, uma vez que o Governo já abriu um concurso público para o próximo computador do programa e-escolinhas, o processo já não deverá ter consequências a nível de Tribunal Europeu.

Link para este artigo:

http://publico.pt/1440360

Artigos relacionados