Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Estado paga 3,3 milhões pelos tempos de antena

A negociação com operadores de televisão e rádio, para embaratecer tempos de antena, e cortes no valor a pagar a membros de mesas de voto deverão permitir ao Estado gastar nas eleições de amanhã menos 1,5 milhões de euros do que no sufrágio de 2006. De acordo com as contas feitas por Manuel Meirinho Martins, professor do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) que tem vindo a dedicar-se ao estudo das questões do financiamento político, o total de custos deverá situar-se em 11,3 milhões de euros.

Link para este artigo:

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1763596&page=-1

Artigos relacionados