Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

"É uma vergonha" fazer abortos no privado pagos pelos contribuintes

O presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida classificou, esta sexta-feira, de "vergonhoso" e "indesculpável" o facto do Ministério da Saúde não ter imposto uma taxa moderadora para o aborto recorrente. Miguel Oliveira e Silva considerou uma vergonha fazer abortos no privado, pagos pelos contribuintes, que podia ser feitos no público.

Link para este artigo:

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=2296368&page=-1

Artigos relacionados