Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Amadora. Ex-director de urbanismo tinha 77 mil euros em casa mas indícios de corrupção foram arquivados

O presidente da Câmara da Amadora, Joaquim Raposo, e José Silvério, construtor civil que foi mandatário das suas campanhas para a autarquia, falaram ao telefone sobre a entrega de cheques como contrapartida para a câmara aprovar, como pedia Silvério, a construção da Urbanização do Neudel, na freguesia da Damaia. As escutas telefónicas foram transcritas para o processo que investigava desde 2002 suspeitas de corrupção entre funcionários da Câmara da Amadora e construtores civis.

Link para este artigo:

http://www.ionline.pt/portugal/raposo-falou-mandatario-sobre-contrapartidas-pela-aprovacao-licenciamentos

Artigos relacionados