Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Herdeiros que venderam pintura protegida a Pais do Amaral sentem-se "lesados" pelo Estado

Família diz que preço de venda a Pais do Amaral foi condicionado pelo facto de a obra não poder sair de Portugal. Durante largas décadas, a pintura renascentista Virgem com o Menino, de Carlo Crivelli, esteve na família do político e escritor açoriano Caetano Andrade de Albuquerque Bettencourt. E chegou ao século XXI nas mãos de dez herdeiros, que dizem ao PÚBLICO ter tentado há cinco anos que o Estado comprasse esta obra protegida e impedida de sair de Portugal. O Estado terá declinado a proposta e rejeitado a desclassificação da peça.

Link para este artigo:

http://publico.pt/1596529

Artigos relacionados