Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Vice-presidente da Câmara de Portimão detido pela Polícia Judiciária

Luís Carito e mais quatro pessoas, todas relacionadas com o município local e a empresa Portimão URBIS, vão ser ouvidos pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. A Polícia Judiciária (PJ) desencadeou nesta quarta-feira um conjunto de operações, incluindo buscas em edifícios e residências, relacionadas com uma investigação de que está a ser alvo o vice-presidente da Câmara de Portimão, o socialista Luís Carito, e outros autarcas locais. Carito e mais quatro pessoas foram detidas e vão ser ouvidos pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa.

Link para este artigo:

http://publico.pt/1597794

Artigos relacionados