Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

"Sou uma pessoa honesta, não merecia isto", reage Paulo Júlio

O dirigente nacional do PSD e ex-governante Paulo Júlio, condenado hoje a uma pena suspensa de dois anos e dois meses de prisão, vai recorrer da sentença para o Tribunal da Relação de Coimbra. "Enquanto cidadão português respeito esta decisão do tribunal, mas evidentemente que discordo e não estava à espera", declarou o ex-secretário de Estado da Administração Local aos jornalistas, à saída da sala de audiência do Tribunal de Condeixa-a-Nova.

Link para este artigo:

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4342033&page=-1

Artigos relacionados