Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Ex-diretor da CIA condenado por ter divulgado segredos a amante

General David Petraeus admitiu ter "retirado e mantido sem autorização informações classificadas" que foram encontrados no computador da sua amante e biógrafa, Paula Broadwell. O general David Petraeus, antigo diretor da agência de informações norte-americana, foi hoje condenado a dois anos de pena suspensa e cem mil dólares (92 mil euros) de multa, por divulgação de documentos ultrassecretos a uma amante.

Link para este artigo:

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4529523&page=-1

Artigos relacionados