Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Secretário de Estado do Ambiente abdica de subsídio mas queixa-se de injustiça

Polémica por governante receber 360 euros por ter declarado como residência oficial uma casa em Tavira, onde nunca morou. O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, vai abdicar do subsídio de alojamento que recebia por ter uma casa em Tavira, apesar de residir actualmente em Cascais e de considerar esta situação “injusta”.

Link para este artigo:

http://publico.pt/1736648

Artigos relacionados