Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Freira radical "preferiu a morte" a ter de renunciar aos votos religiosos

Irmã 'Tona' foi assassinada e violada por um cadastrado que lhe exigia sexo e ela recusou. "A irmã ‘Tona’ preferiu a morte a ter de renunciar aos seus votos religiosos." Emocionado, o monsenhor Amaury Medina Blanco, representante do Papa em Portugal, falou esta quarta-feira no funeral da freira Antónia Pinho Guerra. Centenas de amigos e conhecidos estiveram na cerimónia, na igreja de São João da Madeira. A ‘freira radical’, como era conhecida, foi assassinada e violada, domingo, por um cadastrado que lhe exigia sexo e ela recusou.

Link para este artigo:

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/freira-radical-preferiu-a-morte-a-ter-de-renunciar-aos-votos-religiosos

Artigos relacionados