Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

E se partíssemos tudo?

  • Fonte: Público
  • Link: Link para a fonte
  • Autor: Jorge Barreto Xavier
  • Data: 2020.07.31 23:14
  • Palavras chave: Governo, Banco de Portugal, Banca, Crise, Estado, Opinião, Protestos, Fundo de Resolução, Democracia, Novo Banco

Não se creia que o episódio do Novo Banco é só mais um que o povo português, sereno, submisso, impotente, vai tolerar, porque não tem capacidade, suscetibilidade, para ser duro. As pessoas estão fartas. Ao ler o PÚBLICO do passado dia 28 de Julho, ficámos a conhecer uma certa forma de fazer negócios. Resumindo a notícia: no dia 10 de Outubro de 2018, o Fundo Anchorage comprou 13.000 imóveis ao Novo Banco por 364 milhões de euros. A avaliação dos imóveis nas contas do banco era de 631 milhões de euros. Ou seja, os imóveis foram vendidos ao Fundo em causa com um “desconto” de 42%.

Link para este artigo:

http://publico.pt/1926673

Artigos relacionados