Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Os mundicordiosos

Este breve percurso pelo mundo — como palavra, mais do que como realidade — fala-nos de um anseio que ainda não nos abandonou: o de que o nosso mundo seja algo de harmónico e não caótico, algo mais do que uma simples esfera sem vida, mas um esplendor natural do qual possamos retirar um sentido que nos alimente.

Link para este artigo:

http://publico.pt/1931694

Artigos relacionados