Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

“Continuaremos a falar sobre liberdade de expressão”: professores franceses estão “devastados” mas não tremem

Samuel Paty era um professor de História e Geografia barbaramente decapitado após um ataque ocorrido num colégio em Paris. O assassinato ocorreu dias após o docente de 47 anos ter mostrado algumas caricaturas de Maomé aos alunos durante uma aula. Os colegas não tremem e asseguram que vão continuar a incentivar o “espírito crítico” Os professores franceses estão “devastados” mas prometem continuar a incentivar o “espírito crítico” dos alunos, sem medo de “ensinar temas difíceis” aos estudantes. “Continuaremos a falar sobre liberdade de expressão.

Link para este artigo:

https://expresso.pt/internacional/2020-10-17-Continuaremos-a-falar-sobre-liberdade-de-expressao-professores-franceses-estao-devastados-mas-nao-tremem

Artigos relacionados