Início | Hoje | Mais ▼
Acerca | RSS | Registar | Entrar

Câmara de Lisboa recusa responsabilidades na obra em Monsanto

A Câmara de Lisboa esclareceu hoje que a desafectação de terrenos do regime florestal para as obras iniciadas no Parque Florestal de Monsanto não é da sua competência, prometendo dar mais esclarecimentos ao Provedor de Justiça O Provedor de Justiça manifestou hoje «reservas» quanto à legalidade das obras iniciadas no Parque Florestal de Monsanto para a construção da subestação eléctrica do Zambujal e pediu explicações ao vereador da Câmara de Lisboa com o pelouro dos Espaços Verdes, José Sá Fernandes.

Link para este artigo:

http://www.sol.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=161502

Artigos relacionados